14 de julho de 2012

Primeiro Beijo



Era véspera do dia dos namorados quando tudo aconteceu.  Como de costume, fico no pátio da escola, no banco mais afastado, terminando meu delicioso suco de caju, quando minha amiga, Brigitte, garota com cabelos ruivos, pele branquinha e que usava um enorme cachecol laranja, me dissera que haveria uma festa na casa de sua prima, e todos, inclusive, o garoto que sou perdidamente apaixonada, estariam lá. Resolvi ir. Ao chegar, encontrei alguns amigos e fui dançar. Encontrei o John, o garoto que gosto e começamos a conversar. Ele havia me chamado para andar um pouco pela praia, para conversarmos longe do barulho da festa, então, eu fui.
A noite estava linda! Muitas estrelas sobre o céu, a lua a nos iluminar, as ondas do mar a tocar meus pés, era como num sonho. Estávamos apenas eu e ele, andando sobre o luar. Por um momento ficamos calados e meio acanhados. Ele segurou minha mão e disse:

 -- Há muito tempo, espero por este momento. Finalmente encontrei forças para dizer algo, que deveria ter dito há muito tempo. Eu estou perdidamente apaixonado por você. Desde o momento em que te vi, não consegui te esquecer, tudo que
 escrevopenso é sobre você. Não consegui me segurei e o beijei. Foi um momento mágico. Havia borboletas em minha barriga, pétalas de rosas a cair. Parecia que os ventos e o mar entraram em sintonia, e produziram uma linda melodia. Não consegui pensar em mais nada. Foi o melhor e mais emocionante dia de minha vida.

-Panda


Nenhum comentário:

Postar um comentário