22 de fevereiro de 2011

Agora uma poesia...

Vivi o passado.
Vivo o presente.
Viverei o futuro,
Feliz e livremente.

Um comentário: